«Deus está morto», diz a revista francesa referindo-se à morte de Maradona

Até que ponto os humanos idolatram outros humanos? A resposta é que o fazem a ponto de querer elevar certas personalidades à condição de deuses.

Na capa da publicação de 26 de novembro de 2020 da versão impressa da revista francesa L’Equipe, aparece uma grande foto do jogador de futebol recém-falecido Diego Armando Maradona e ao lado dele a frase Dieu est mort (Deus está morto).

Dios está muerto - Publica revista francesa sobre Maradona

Diego Armando Maradona morreu na quarta-feira, 25 de novembro, de parada cardiorrespiratória. Diz-se que Diego Armando Maradona pode ter sido o maior jogador da história e discute-se qual foi o melhor, Maradona ou Pelé.

Além de seu indiscutível domínio no campo de futebol e em outras áreas da vida, dá para ver como as pessoas o idolatram, pois a maioria das reações à capa citada é como se concordassem que Maradona é um deus:

Dios está muerto - Maradona - Revista L equipe Twitter

Na imagem anterior podemos ver como um usuário do Twitter responde «Magnífico» à publicação do L’Equipe mostrando a capa onde dizem que «Deus está morto» porque Maradona morreu. Outro usuário do Twitter também responde afirmando que Maradona é «um deus»:

Dios está muerto - Maradona - Revista L equipe Twitter 2

Mas as pessoas também parecem considerar isso uma blasfêmia:

Dios está muerto - Maradona - Revista L equipe Twitter 3

Na imagem anterior, um usuário responde «Blasfêmia suprema», e outros usuários respondem que não é blasfêmia porque estão falando sobre o «deus do futebol». Gostaríamos que você nos deixasse um comentário com sua opinião sobre este assunto.

Leave a Reply

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *